domingo, 15 de junho de 2008

falando de cogumelos

Phellinus linteus
Cordyseps Oglossoides

Reishi

Shitake

Coriolus Versicolor extract ou Asian Turkey Tail

Agaricus Blazei Murrill ou Agaricus Brasiliennis

Maitaike

VIDEO

Fonte : AQUI
"COGUMELOS LUSITANOS"

Esperar-se que este governo demita o chefe da ASAE é o mesmo que esperar que o betão dê cogumelos. Ou que os pinheiros dêem tangerinas.
Portugal, infelizmente, vive já numa fase cripto-autoritária, que só ainda não passou a autoritária expressa porque a Europa ainda por aqui anda.
A todos os momentos, ora aqui ora ali, se sente que o pudor já abandonou o nosso executivo.
Vive-se numa verdadeira navegação à vista: discreta censura, discretos ataques à liberdade de expressão, utilização do sistema judicial e do medo que este, por ser remanchado e desqualificado provoca, enfim: Portugal no seu melhor.
Este senhor da ASAE, num país a sério, não só seria demitido como sujeito a inquérito formal interno e, muito provávelmente, externo através dos mecanismos de Direito em uso numa sociedade civilizada.
Em Portugal é pura utopia esperar tal coisa.
Eis um dos motivos porque já sinto tristeza por ser português. Vergonha sinto há muito mais tempo."
.
Autor : Nicolau Saião

3 comentários:

u joão disse...

Não concordo com o Nicolau, a ASAE comete por vezes excessos, mas, sempre em beneficio do consumidor-digo eu
Porque antes, desta entidade existir, quem controlava o que consumiamos.Era notória a bagunça em restaurantes, mercados, onde muitas vezes comiamos gato por lebre.

Fresquinha disse...

Concordo que um serviço regulador de defesa do consumidor seja absolutamente útil e vital. Mas não concordo com os exageros nem a uniformização a outras culturas. Estamos a perder identidade cultural todos os dias. E nisso não posso estar de acordo. Se falares com um proprietário de um restaurante ele dar-te-à a conhecer o ridículo de certas regras impostas pela ASAE.

Fresquinha disse...

Sabias que aquela mísera rodela de chouriço no Caldo Verde é proíbida ??? Ora vês ...