sábado, 7 de junho de 2008

Hoje n'"A MULHER DO PRÓXIMO"


Popium







Palavras que se derretem com o tempo




O meio século


Peço desculpa aos que ainda estão longe dos 50, mas é para se irem mentalizando...
PARA OS QUE LÁ ESTÃO A CHEGAR, PARA OS QUE JÁ CHEGARAM AOS 50 E PARA OS QUE JÁ OS PASSARAM, MAS AINDA ESTÃO ÓPTIMOS:
♣As vantagens de já contar com meio século:
1. Estás-te bem lixando para o curriculum.
2. Se fizeres parte de um grupo de reféns serás o primeiro a ser libertado.
3. Ninguém te vai pedir para resgatares pessoas de um edifício em chamas....
4. Já ninguém te considera um hipocondríaco porque agora sim - está em condições para te poderes sentir um doente...
5. Já não tens de te preparar para o longo e difícil caminho da vida....
6. Finalmente os teus descontos para a Caixa de Previdência começam a ser usados....
7. As tuas articulações prevêm melhor o tempo que os meteorologistas .
8. Os teus segredos estão seguros com os teus amigos - eles também já não se lembram deles... 9. A tua dotação de neurónios activos chegou, por fim, a uma quantidade gerível...
10. Podes passar sem sexo ...mas nunca sem os teus óculos!
11. Quando fazes uma festa os vizinhos nem dão por isso.
12. A roupa que compras já não passa de moda.
13. Os pecados mortais passaram da luxúria para a gula
14. Depressa te vais esquecer de quem te mandou este em-mail mas isso também nem te importa
Como vês escrevi com uma letra que se vê...
Eu cá também já não vejo a ponta de um corno!!!
.
(Obrigada, Xico)

As melhores respostas dos piores alunos



*O metro é a décima milionésima parte de um quarto do meridiano terrestre e para o cálculo dar certo arredondaram a Terra! *
*O cérebro humano tem dois lados, um para vigiar o outro.*
*O cérebro tem uma capacidade tão grande que hoje em dia, praticamente, toda a gente tem um.*
*Quando o olho vê, não sabe o que está a ver, então ele amanda uma foto eléctrica para o cérebro que lhe explica o que está a ver.*
*O nosso sangue divide-se em glóbulos brancos, glóbulos vermelhos e até verdes! *
*Nas olimpíadas a competição é tanta que só cinco atletas chegam entre os dez primeiros.*
*O piloto que atravessa a barreira do som nem percebe, porque não ouve mais nada.*
*O teste do carbono 14 permite-nos saber se antigamente alguém morreu.*
*Antes mesmo da guerra a mercedes já fabricava volkswagen.*
*O pai de D. Pedro II era D. Pedro I, e de D. Pedro I era D. Pedro 0*
*Nos aviões, os passageiros da primeira classe sofrem menos acidentes que os da classe económica.*
*O índice de fecundidade deve ser igual a 2 para garantir a reprodução das espécies, pois precisa-se de um macho e uma fêmea para fazer o bebé. Podem até ser 3 ou 4, mas chegam 2.*
*O homossexualismo, ao contrário do que todos imaginam, não é uma doença, mas ninguém quer tê-la. *
*Em 2020 a caixa de previdência já não tem dinheiro para pagar aos reformados, graças à quantidade de velhos que não querem morrer.*
*O verme conhecido como solitária é um molusco que mora no interior, mas que está muito sozinho.*
*Na segunda guerra mundial toda a Europa foi vítima da barbie (queria dizer, decerto, barbárie) nasista.*
*Cada vez mais as pessoas querem conhecer a sua família através da árvore ginecológica.*
*O hipopótamo comanda o sistema digestivo e o hipotálamo é um bicho muito perigoso.*
*A Terra vira-se nela mesma, e esse difícil movimento chama-se arrotação.*
*Lenini e Stalone eram grandes figuras do comunismo na Rússia.*
*Uma tonelada pesa pelo menos 100Kg de chumbo.*
*Quando os egípcios viam a morte a chegar, disfarçavam-se de múmia.*
*Uma linha recta deixa de ser recta quando encontra uma curva.*
*O aço é um metal muito mais resistente do que a madeira.*
*O porco é assim chamado porque é nojento.*
*A fundação do Titanic serve para mostrar a agressividade dos ice-bergs.*
*Para fazer uma divisão basta multiplicar subtraindo.*
*O sul foi posto debaixo do norte por ser mais cómodo.*
*Os escravos dos romanos eram fabricados em África, mas não eram de boa qualidade.*
*O tabaco é uma planta carnívora que se alimenta de pulmões.*
*Na Idade Média os tractores eram puxados por bois, pois não tinham gasolina.*
*Princípio de Arquimedes: qualquer corpo mergulhado na água, sai completamente molhado.*
*Pergunta: Em quantas partes se divide a cabeça? Resposta: Depende da força da cacetada.*
*A trompa de Eustáquio é um instrumento musical de sopro, inventado pelo grande músico belga Eustáquio, de Bruxelas.*
*Parasitismo é o facto de um gajo não trabalhar e viver à 'pala' dos outros, de dinheiro, cigarros e outros bens materiais.*
*O Convento dos Capuchos foi construído no céculo 16 mas só no céculo 17 foi levado definitivamente para o alto do monte.*
*A Terra é um dos planetas mais conhecidos e habitados do mundo.*
.
(Obrigada, Xico)

Os 10 lugares especiais para férias




As 7 emoções negativas da Medicina Chinesa



As sete emoções básicas relacionadas às funções orgânicas são a raiva, alegria, preocupação, pensamento obsessivo, tristeza, medo e choque (pavor). Apesar da conexão mente/corpo ter sido reconhecida relativamente há pouco tempo na medicina ocidental, a interação das emoções com o corpo físico é um aspecto essencial na Medicina Tradicional Chinesa.
Cada órgão corresponde a uma emoção e o desequilíbrio dessa emoção pode afectar a função do órgão. Por exemplo, a raiva prolongada pode levar a um desequilíbrio no fígado. Ao mesmo tempo, desequilíbrios no fígado podem produzir sintomas de raiva que geralmente levam a um ciclo auto-perpetuador.
Ao discutirmos o aspecto emocional do processo da doença, é importante lembrar que é normal sentirmos a gama completa das emoções. Uma fonte de desequilíbrio surge somente quando uma emoção em particular é vivenciada por um período prolongado de tempo ou com uma intensidade específica.
Certamente é importante que uma pessoa com problemas emocionais sérios recorra à ajuda profissional de um psicoterapeuta. Mas, mesmo nesses casos, a terapia é mais eficaz quando o desequilíbrio do órgão correspondente é ajustado. A acupuntura é especialmente eficaz no tratamento de desordens emocionais. Mesmo quando ela não é completamente eficaz no tratamento de distúrbios físicos, quase sempre ela proporciona um estado de paz emocional.

Raiva
Está associada ao fígado. Por sua natureza, a raiva causa o aumento do qi, o que provoca rosto e olhos avermelhados, dores de cabeça e vertigens. Isso coincide com o padrão de aumento do chamado fogo do fígado. A raiva também pode fazer o qi do fígado “atacar o baço”, produzindo falta de apetite, indigestão e diarréia, geralmente isso ocorre com pessoas que discutem na mesa de refeições ou comem enquanto dirigem.
Numa visão mais a longo prazo, a raiva ou frustração reprimida normalmente causa a estagnação do qi e isso pode resultar em depressão ou desordens menstruais. É interessante notar que as pessoas que ingerem ervas para liberar o qi estagnado do fígado normalmente experimentam surtos de raiva quando a estagnação é liberada. A raiva passa quando o equilíbrio é restaurado. Da mesma forma, geralmente a raiva e a irritabilidade são os fatores determinantes no diagnóstico da estagnação do qi do fígado.
Muitas pessoas ficam aliviadas ao saber que sua raiva tem um fundo fisiológico. É essencial evitar ingerir café durante o tratamento de desordens do fígado relacionadas à raiva, pois o café aquece o fígado e intensifica muita a condição desfavorável.

Alegria
A emoção da alegria está ligada ao coração. Uma desordem relacionada à alegria pode parecer estranha, já que a maioria das pessoas deseja o máximo de alegria em suas vidas. As desordens dessa emoção não são causadas pela felicidade. O desequilíbrio surge quando entusiasmo ou estímulos excessivos ocorrem ou boas notícias súbitas chegam como um choque para o sistema.
Ao avaliar os níveis de estresse, os psicólogos verificam todas as fontes de estresse: positivas e negativas. É claro que a morte de um cônjuge ou a perda de um emprego é uma fonte significante de estresse. Porém, um casamento ou promoção no emprego, ainda que seja uma ocasião feliz, também é uma fonte de estresse.
Uma pessoa que está constantemente saindo, freqüentando festas e vivendo uma vida de excessos, pode acabar desenvolvendo desequilíbrios do coração como palpitações, ansiedade e insônia. Uma pessoa com desequilíbrios no coração também pode demonstrar sintomas emocionais, já que o coração é o lar do espírito (shen). Uma pessoa com sérios distúrbios no shen do coração pode ser vista conversando alegremente consigo mesma e tendo surtos de gargalhadas.
Tal comportamento resulta da incapacidade do órgão do coração em proporcionar um local de descanso estável para o espírito. Esse tipo de desequilíbrio é tratado com acupuntura ao longo do meridiano do coração. Os tratamentos herbários consistem em fórmulas que nutrem o sangue do coração ou yin. Se o fogo do coração perturba o espírito, ervas que limpam o calor do coração são usadas.

Preocupação
A preocupação, uma emoção muito comum em nossa sociedade repleta de estresses, pode esgotar a energia do baço. Isso pode causar distúrbios digestivos e acabar levando à fadiga crônica: um baço enfraquecido não pode transformar o alimento em qi de maneira eficaz e também os pulmões são incapazes de extrair o qi do ar eficientemente.
Uma pessoa que se preocupa muito “transporta o peso do mundo sobre seus ombros”, e uma palavra que descreve muito bem como uma pessoa se sente quando o qi de seu baço está fraco é depressão. O tratamento inclui moxa e ervas que fortificam o baço, o que proporciona à pessoa energia para lidar com os problemas da vida em vez de vivenciá-los.

Pensamento obsessivo
Pensar excessivamente ou obsessivamente sobre um assunto também pode esgotar o baço, o que causa a sua estagnação. Uma pessoa com essa condição pode exibir sintomas como falta de apetite, esquecimento de se alimentar e inchaço após comer. Com o tempo, a pessoa pode desenvolver uma complexão pálida devido à deficiência de qi do baço. Eventualmente, isso pode afetar o coração, fazendo a pessoa sonhar com os mesmos assuntos à noite. Geralmente os estudantes são afetados por esse desequilíbrio. O tratamento padrão é usar ervas que tonifiquem o sangue do coração e o qi do baço.

Tristeza
A tristeza ou pesar afeta os pulmões, produzindo fatiga, falta de ar, choro ou depressão. O tratamento dessa condição envolve acupuntura para os pontos ao longo dos meridianos do pulmão e rim. Normalmente, fórmulas herbárias são usadas para tonificar o qi ou yin dos pulmões.


Medo
A emoção do medo está relacionada com os rins. Essa ligação pode ser prontamente percebida quando o medo extremo faz uma pessoa urinar incontrolavelmente. Nas crianças isso também se manifesta quando elas urinam na cama, o que os psicólogos associaram com insegurança e ansiedade.
A ansiedade prolongada devido às preocupações com o futuro pode esgotar o yin, yang e qi dos rins, o que pode eventualmente levar à fraqueza crônica. O tratamento envolve tonificar os rins com tônicos yin ou yang, dependendo dos sintomas particulares.

Choque (pavor)
O choque é especialmente debilitante para os rins e o coração. A reação “lutar ou fugir” causa uma liberação excessiva de adrenalina das glândulas adrenais ou supra-renais, que se localizam sobre os rins. Isso faz o coração responder com palpitações, ansiedade e insônia.
O stress crônico oriundo do choque pode ser muito debilitante para o sistema inteiro, causando uma ampla gama de problemas. O choque severo pode ter um efeito duradouro sobre o shen do coração, como fica evidente em vítimas da síndrome do estresse pós-traumático. O tratamento envolve psicoterapia, ervas que acalmam o espírito e nutrem o coração e rins, e tratamentos regulares de acupuntura
.

A patinha de elefante


Ao andar a pé, uma mulher de 45,359 Kgs, em saltos stiletto, exerce maior pressão por 25 mm quadrados do que um elefante de 2.721 Kgs.

O "agora" e o próximo solstício de Verão



«Sim, nós estamos agora experienciando um breve período de paz, talvez se manifestando como exaustão em alguns, fadiga, sentindo-nos drenados ou até atordoados e perdidos, querendo dormir e descansar por algum tempo, mas todos em prontidão para o solstício de verão.
E que solstício será! Este será um dos solstícios mais dramáticos e intensos que eu já vivenciei. A Terra se despedaçará energeticamente, liberando energias de vibração intensa e elevada que estiveram escondidas por eons de tempo, e muito será revelado enquanto somos lançados a um espaço energético muito novo como um planeta onde não estivemos por muito tempo.
Os portadores da luz precisavam se afastar a fim de permitir mais da queda. Nós precisávamos estar em um espaço diferente do que estará caindo com até mais intensidade do que nós experienciamos geralmente até agora. Não se espera que estejamos sustentando qualquer coisa... muito deve ir.
A consciência da unidade não está se mantendo tão facilmente como poderia. Muitos no planeta não estão deixando ir como poderiam. Sob este aspecto, mais agitação será necessária, e isto chegará com o solstício do verão. Nós estamos sendo retidos a fim de estarmos seguros e protegidos. E após até mais agitação e trabalho, mais indivíduos confiantemente estarão preparados para a ajuda e orientação que os portadores da luz podem fornecer. Eles devem ser deixados sozinhos sem qualquer interferência nossa a fim de que eles encontrem o seu próprio caminho, desejem permitir algo novo, para examinarem a si mesmos e o que não mais estiver funcionando, para finalmente compreender o que é verdadeiramente importante para eles, e para então estarem preparados para uma conexão muito nova.
Nós seremos amparados durante este período do solstício. Assim curtam este momento de descanso, reavaliação, dando uma pausa em muita coisa, pois em algumas semanas experienciaremos ainda outro extraordinário percurso. Eu estarei relatando mais disto enquanto o tempo se aproxima, pois este será um evento monumental realmente. »



prazeres imediatos (só às 6ªas)





Há muito tempo, corria-se nas margens de Alexandria, uma cidade emblemática do antigo Egipto. Devia ser encantador andar ali à noite, à beira-mar, e lá encontravam-se, sem dúvida, pessoas à procura de outras com bastante regularidade. Esta é a razão pela qual as prostitutas escolhiam estes lugares emblemáticos, como são hoje o Bois de Boulogne ou a rue Saint-Denis. Mas havia tantos Alexandrinos imorais que tiveram que se reinventar a si próprios. Alguma coisa tinha de ser feita para se diferenciarem de outros lugares, mesmo se o encanto natural também deveria ter a sua influência. Sobre a areia das margens do Mediterrâneo, houve uma técnica que, em última análise, era evidente: as iniciais que se escreviam nas sandálias das prostitutas. O interesse era simples: ser-se reconhecida de forma fácil e mais importante ainda, indicar a direcção do quarto ao cliente potencial. Foi finalmente chamada a "marca" da prostituta. E foi, sem dúvida, o filósofo e académico Michel Serres que falou disso melhor: "As vagabundas de Alexandria tinham, antigamente, o costume de pôr as suas siglas em relevo negativo nas solas das suas sandálias para que a sua leitura fosse impressa na areia da praia, e assim o potencial cliente reconhecer a pessoa que queria, ao mesmo tempo que geria o local do seu encontro. Os presidentes das principais marcas reproduzidas pelos publicitários nos cartazes das cidades sem dúvida que gostarão de saber que descendem em linha direita dessas prostitutase".

Extracto do livro Extrait du livre "Le Mal propre : polluer pour s'approprier ?", Edições Le Pommier, Fevereiro de 2008.

"A história de dois cérebros" de Mark Gungor

video

(Do Xico. É hilariante. Obrigada)

COM LEGENDAGEM EM PORTUGUÊS (Obrigada, Wil)

.

Terríveis doenças da mente - Harry Enfield

sexta-feira, 6 de junho de 2008

Interessante

Os chineses lêem o que não lemos.....
Aqui está a razão pela qual os chineses têm olhos diferentes!
Tenta ler o texto da imagem anexa. Caso não consigas perceber nada, tenta lê-lo enquanto puxas a pele do lado exterior dos olhos de maneira a ficar com os olhos próximos da forma dos olhos dos chineses. Agora já compreendes porque os chineses têm os olhos dessa forma.

Cantora de ópera com 12 anos: Faryl Smith




30 anos passados

Situação: O Pedro está a pensar ir até ao monte depois das aulas, assim que entra no colégio mostra uma navalha ao João, com a qual espera poder fazer uma fisga:
Ano 1978: O director da escola vê, pergunta-lhe onde se vendem, mostra-lhe a sua, que é mais antiga, mas que também é boa.
Ano 2008: A escola é encerrada, chamam a Polícia Judiciária e levam o Pedro para um reformatório. A SIC e a TVI apresentam os telejornais desde a porta da escola.
Situação: O Carlos e o Quim trocam uns socos no fim das aulas:
Ano 1978: Os companheiros animam a luta, o Carlos ganha. Dão as mãos e acabam por ir juntos jogar matrecos.
Ano 2008: A escola é encerrada. A SIC proclama o mês anti-violência escolar, O Jornal de Notícias faz uma capa inteira dedicada ao tema, e a TVI insiste em colocar a Moura-Guedes à porta da escola a apresentar o telejornal, mesmo debaixo de chuva.

Situação: O Jaime não pára quieto nas aulas, interrompe e incomoda os colegas:
Ano 1978: Mandam o Jaime ir falar com o Director, e este dá-lhe uma bronca de todo o tamanho. O Jaime volta à aula, senta-se em silêncio e não interrompe mais.
Ano 2008: Administram ao Jaime umas valentes doses de Ritalin. O Jaime parece um Zombie. A escola recebe um apoio financeiro por terem um aluno incapacitado.

Situação: O Luis parte o vidro dum carro do bairro dele. O pai caça um cinto e espeta-lhe umas chicotadas com este:
Ano 1978: O Luis tem mais cuidado da próxima vez. Cresce normalmente, vai à universidade e converte-se num homem de negócios bem sucedido.
Ano 2008: Prendem o pai do Luís por maus tratos a menores. Sem a figura paterna, o Luís junta-se a um gang de rua. Os psicólogos convencem a sua irmã que o pai abusava dela e metem-no na cadeia para sempre. A mãe do Luís começa a namorar com o psicólogo. O programa da Fátima Lopes mantém durante meses o caso em estudo, bem como o Você na TV do Manuel Luís Goucha.

Situação: O Zézinho cai enquanto praticava atletismo, arranha um joelho. A sua professora Maria encontra-o sentado na berma da pista a chorar. Maria abraça-o para o consolar:
Ano 1978: Passado pouco tempo, o Zézinho sente-se melhor e continua a correr.
Ano 2008: A Maria é acusada de perversão de menores e vai para o desemprego. Confronta-se com 3 anos de prisão. O Zézinho passa 5 anos de terapia em terapia. Os seus pais processam a escola por negligência e a Maria por trauma emocional, ganhando ambos os processos. Maria, no desemprego e cheia de dívidas suicida-se atirando-se de um prédio. Ao aterrar, cai em cima de um carro, mas antes ainda parte com o corpo uma varanda. O dono do carro e do apartamento processam os familiares da Maria por destruição de propriedade. Ganham. A SIC e a TVI produzem um filme baseado neste caso.

Situação: Um menino branco e um menino negro andam à batatada por um ter chamado "chocolate" ao outro:
Ano 1978: Depois de uns socos esquivos, levantam-se e cada um para sua casa. Amanhã são colegas.
Ano 2008: A TVI envia os seus melhores correspondentes. A SIC prepara uma grande reportagem dessas com investigadores que passaram dias no colégio a averiguar factos. Emitem-se programas documentários sobre jovens problemáticos e ódio racial. A juventude Skinhead finge revolucionar-se a respeito disto. O governo oferece um apartamento à família do miúdo negro.

Situação: Tens que fazer uma viagem:
Ano 1978: Viajas num avião de TAP, dão-te de comer, convidam-te a beber seja o que for, tudo servido por hospedeiras de bordo espectaculares, num banco que cabem dois como tu.
Ano 2008: Entras no avião a apertar o cinto nas calças, que te obrigaram a tirar no controle. Enfiam-te num banco onde tens de respirar fundo para entrar e espetas o cotovelo na boca do passageiro ao lado e se tiveres sede o hospedeiro maricas apresenta-te um menu de bebidas com os preços inflacionados 150%, só porque sim. E não protestes muito pois quando aterrares enfiam-te o dedo mais gordo do mundo pelo cú acima para ver se trazes drogas.

Situação: Faz ias uma asneira na sala de aula:
Ano 1978: O professor espetava duas valentes lostras bem merecidas. Ao chegar a casa o teu pai dava-te mais duas porque "alguma deves ter feito"
Ano 2008: Fazes uma asneira. O professor pede-te desculpa. O teu pai pede-te desculpa e compra-te uma Playstation 3.

Situação: Chega o dia de mudança de horário de Verão para Inverno:
Ano 1978: Não se passa nada.
Ano 2008: As pessoas sofrem de distúrbios de sono, depressão e caganeira.

Situação: O fim das férias:
Ano 1978: Depois de passar 15 dias com a família atrelada numa caravana puxada por um Fiat 600 pela costa de Portugal, terminam as férias. No dia seguinte vai-se trabalhar.
Ano 2008: Depois de voltar de Cancún de uma viagem com tudo pago, terminam as férias. As pessoas sofrem de distúrbios de sono, depressão, seborreia e caganeira.

quinta-feira, 5 de junho de 2008

Confirma-se o aquecimento global !!!



Equipa da França em 1959


Equipa da França no Euro 2008

.
(Obrigada, Xara ...)

Uma padaria na Tailândia

quarta-feira, 4 de junho de 2008

Ler no Trabalho

O New Zealand Book Council criou uma verdadeira maneira engenhosa de lermos mais no trabalho. "Ler no Trabalho" (Read at Work) torna o teu desktop numa tela cheia, com um visual de pc realista com pastas, botão Iniciar, lixeira, tudo. O truque é que todas as pastas contêm obras de autores famosos e dos habitantes da Nova Zelândia. E, tendo em mente que estás a ler no local de trabalho, estas notícias são exibidas em conveniente formato PowerPoint. Daí os teus superiores hierárquicos não saberem o que estás realmente a fazer. No site, há histórias curtas de Oscar Wilde, Fitzgerald, Twain, Wolfe, Tolstoi e muito mais. Famosos poemas de Dickenson, TS Elliot, Poe e muito mais. Também têem um dos meus favoritos de G. Orwell, o Animal Farm. A capa do mesmo, mostrado aqui, é verdadeiramente brilhante! Que conceito !

Dicionário de Parafilias



Fotografia : Guido Argentini
.

A
Acrotomofilia : com portadores de amputações físicas.
Aerodromofilia : excitação sexual com viagens de aviação.
Agonofilia : com simulações de estrangulamentos.
Agorafilia : excitação em fazer sexo em lugares abertos ou em público.
Agrexofilia : o praticante sabe que outras pessoas estão sabendo que ele (a ) está fazendo sexo.
Alargamento Genital : o mesmo que Stretching .
Agalmatofilia : refere-se a pessoas com fetiche por estátuas e manequins
Algutofilia : através da água.
Aloerastia : usar a nudez de uma terceira pessoa, para excitar a parceria sexual.
Alopelia : excitação até o orgasmo pela visualização de outras pessoas fazendo sexo.
Alorgasmia : através da formulação de fantasias sexuais com outras pessoas que não a parceria sexual.
Alotriorastia : com pessoas de outras etnias.
Alfamegamia : com parcerias sexuais de faixas etárias bem diferentes da sua.
Amaurofilia : com parceiros usando máscaras ou refere-se àqueles que são excitados por um parceiro sexual que não é capaz de vê-los . Não se aplica aos cegos.
Anaclitismo : adulto que se excita com práticas da infância, tais como usar chupeta, mamar, ser banhado, usar fraldas etc.
Analismo : o mesmo que proctofilia.
Anastemafilia : excitação por pessoas muito alta ou muito baixa.
Andromimetofilia : refere-se àqueles que ficam sexualmente excitados por mulheres que imitam homens.
Anililagnia : com pessoas idosas. Variante de gerontofilia.
Anisonogamistia : excitação por pessoas com grandes diferenças de idade, muito mais velhas ou muito mais novas.
Anoraptus : forma de estupro em que são buscadas mulheres idosas.
Apotemnofilia : excitação com a idéia de sofrer amputações.
Asfixia Sexual: o mesmo que Hipoxifilia .
Astenolagnia : excitação por sentir-se fraco ou em ser humilhado. Tipo particular de masoquismo.
Autoflagelação : o mesmo que flagelação.
Autoginefilia : excitação sexual de homens pelo uso de vestes femininas. Caso particular de Travestismo.
Autogonistofilia : forma especial de exibicionismo, em que a pessoa se excita ao ser fotografada nua.
Automisofilia : excitação sexual advinda de sentir-se sujo.
Autonepiofilia : o mesmo que Infantilismo e Anaclitismo .
Axilismo : excitação em simular sexo usando as axilas.

B
Bondage and Dominance ( B&D ) : excitação em manter relações com parceria sexual amarrada. É associado ao sadomasoquismo .
Barosmia : o mesmo que osmolagnia
Basoexia : o mesmo que osculocentrismo .
Belonofilia : excitação pelo uso de agulhas.
Bestialismo : o mesmo que zoofilia.
Biastrofilia : excitação em práticas violentas de estupro.
Braquioproctosigmoidismo : o mesmo que Fist Fucking
Bouginonia : tipo de stretching , com prazer masturbatório pelo uso de objetos para o alargamento da vagina.

C
Cateterofilia : com aplicação de cateteres uretrais.
Cinofilia : excitação com cães.
Cisvestismo : com um tipo particular de vestes, em geral uniforme de enfermeira, garçonete, policial, escolar etc.
Chuva dourada : o mesmo que Urofilia.
Claustrofilia : refere-se àquele que fica sexualmente excitado quando confinado em compartimento pequeno.
Crematistofilia : excitação ao ter de pagar pelo sexo ou ser roubado.
Cleptofilia : excitação sexual conseguida praticando roubos.
Clismafilia : uso erótico de enemas.
Coprofagia : excitação pela ingestão de fezes. O mesmo que coprofilia.
Coprofilia : excitação pelo odor, visão ou contato com fezes, podendo chegar até a ingeri-las ( coprofagia ).
Coprolagnia : o mesmo que coprofilia.
Crurofilia : tipo de parcialismo, onde os objetos da excitação são as pernas.
Corrúptufilia : aquele que se excita sexualmente praticando a corrupção, ou seja, age desonestamente em benefício próprio ou de outrem, lesando a nação, as instituições públicas, o patrimônio público etc.

D
Dacrilagnia : excitação sexual em observar a parceria sexual chorar.
Dendrofilia : com vegetais ou árvores.
Dippoldismo : refere-se àqueles que ficam excitados ao espancar ou flagelar crianças. Tipo de pedofilia.
Dismorfofilia : com portadores de deformidades ou deficiências físicas.

E
Ecdiose : excitação por desnudar-se na frente de outras pessoas.
Editofilia : sente atração por parceiros vestidos.
Efebofilia : atração de pessoas idosas por parceiros muito jovens.
Emetofilia : excitação obtida com o ato de vomitar ou com o vomito de outro. Conhecido como “banho romano”.
Erotofilia : excitação obtida quando se fala sobre temas eróticos.
Erotografomania : com a escrita e leitura de textos sensuais.
Erotolalia ou Telefonoescatofilia : excitação quando se faz telefonemas obscenos, geralmente de maneira anônima.
Escoptofilia : excitação na observação dos órgãos genitais. Pode ser disfarçada ou declarada.
Estigmatofilia : excitação com o fato de a parceria sexual ter sinais como cicatrizes, piercing , tatuagens etc.
Exibicionismo : excitação em exibir os próprios genitais.

F
Falofilia : parcialismo focado no pênis.
Fetichismo : fixação na excitação sexual através de objetos inanimados, peça de vestuário, como sapato, calcinha, anel ou outros como pessoa vestida com determinado tipo de roupa (látex, malha, laicra etc.), em determinadas posições, como sentado num penico, urinando num mictório público, dirigindo um auto etc. As situações são as mais variadas possíveis.
Filemamania : erotização pelo beijo.
Fistfucking, Gantização, Braquioproctosigmoidismo, Handball ou Fisting : introdução da mão, punho e antebraço no reto. Prática mais comum entre os homossexuais
Flagelação : excitação em provocar dor física a si próprio.
Fobofilia : excitação pelo medo ou pelo ódio.
Fratrilagnia : excitação sexual pelo irmão.
Frotteurismo ou Frotismo : consiste na obtenção de intenso prazer ao roçar-se em outra pessoa sem seu consentimento.

G
Geronosexualidade : o objeto de excitação sexual tem idade acima de 30 anos a mais do que a pessoa. Caso particular de gerontofilia.
Gerontofilia : excitação sexual por pessoas de idade no mínimo 15 anos maior do que a pessoa.
Ginelofilia : excitação pela observação dos pelos pubianos.
Ginemnese ou Crossdresser : travestismo, onde homem se excita ao se vestir de mulheres. Ele pode ser hétero ou homo.
Grafelagnia : excitação a partir de fotos de sexo e nudez.

H
Hebefilia : excitação sexual por adolescentes. Caso particular de pedofilia.
Hifefilia : refere-se àqueles que ficam excitados ao tocar tecidos ou peças de roupas: látex, linho, seda etc.
Hemotigolagnia : com absorventes íntimos femininos.
Hibristofilia : definida como uma parafilia do tipo saqueador ou predatório, em que a excitação sexual-erótica, a facilitação e obtenção do orgasmo dependem de se estar com um parceiro que cometeu um ultraje ou crime, como estupro, assassinato ou assalto à mão armada.
Hidrofrodisia : com o odor da transpiração da região genital.
Hipoxifilia ou Asfixia Sexual : excitação usando asfixia.
Hirsutofilia : com pelos corporais.
Hodofilia : excitação sexual obtida com viagens.
Hogrofilia : excitação sexual obtida pelo contato com qualquer tipo de secreção corporal, incluindo nasolíngua (mucosa nasal), lágrima, saliva, salirofilia (perspiração), vampirismo (sangue), urofilia (urina), coprofilia (fezes), sêmen e secreções vaginais.

I
Latranudia : excitação ao se expor a um médico ou psicólogo.
Iconolagnia ou Pigmalionismo : através do contato tátil com estátuas e outras obras de arte.
Infantilismo : o mesmo que anaclitismo .

K
Koupeurmntomania : com prazer à dilatação da vagina. Tipo de stretching.

L
Lactomania ou Lactofilia : excitação por nutrizes.
Lagnolalia : com a discussão de temas sexuais.
Ludofilia : obtenção do prazer sexual usando brinquedos: boneco, carrinho, brinquedo inflável tipo bóia etc.

M
Maieusiofilia : é a atração sentida por mulheres grávidas.
Masoquismo: excitação sexual envolvendo o ato (real ou simulado) de ser humilhado, espancado, atado ou de outra forma submetido a sofrimento.
Mamilomania : tipo de stretching , com prazer masturbatório pelo uso de objetos para o alargamento do mamilo.
Meatotomia : com a dilatação da uretra. Tipo de stretching.
Menofilia : com mulheres menstruadas.
Misofilia ou Riparofilia : atração sentida ao se cheirar, mastigar ou roçar suportes atléticos, cinto elástico com proteção para a região genital do homem, calcinha, absorventes, sutiãs ou outros objetos sujos , odores de decomposição ou excrementos.
Mixoscopia : o mesmo que voyeurismo.
Mucofagia : excitação com a ingestão de mucosa nasal.

N
Narcisismo : excitação sexual usando sua própria imagem.
Nafefilia : excitação em se tocar, ou em ser tocado.
Nasofilia : parcialismo pelo nariz.
Nanofilia : atração por parceiros de baixa estatura.
Necrofilia : desejo e prática de relacionamento sexual com cadáveres. Ocorrência maior entre homens.
Nepiofilia : excitação com crianças do sexo oposto. Caso particular de pedofilia.
Ninfofilia : atração de homens adultos por moças adolescentes.
Normofilia : é a condição de se estar em conformidade sexual com os padrões ditados pelos costumes, religião e autoridade legal.
Nosofilia : excitação em ter relações com parceria portadora de doença em fase terminal.
Nudomania : o mesmo que omolagnia .

O
Obesofilia : com pessoas obesas.
Oculofilia : parcialismo por olhos.
Odaxelagnia : excitação com mordidas.
Ofidicismo : refere-se àqueles que usam répteis para fazer sexo.
Ofidiofilia : excitação sexual com cobras.
Olfatofilia : o mesmo que osmolagnia
Omolagnia ou Nudomania : excitação com a nudez.
Onanismo: usado para masturbação. Termo em desuso.
Ondinismo : o mesmo que Urofilia.
Osculocentrismo : excitação com beijos.
Osfresiolagnia : o mesmo que osmolagnia
Osmolagnia : excitação com odores corporais. O mesmo que olfatofilia, ozolagnia, osfresiolagnia ou barosmia.

P
Parascopismo : variante de voyeurismo, praticado através de janelas de dormitórios.
Parcialismo : excitação sexual através de determinadas partes da anatomia corporal: nariz, mamilo, pé, dente, unha, dedo, mão, pêlo, testículo, bigode, braço, dedo, vagina, clitóris, pênis, nádega, mama, orelha etc.
Partenofilia : fixação sexual por virgens.
Pedeictofilia : o mesmo que exibicionismo.
Pederastia ou Uranismo : o termo pederastia era usualmente utilizado no passado para designar genericamente as homossexualidades. No interior do país, ainda, encontramos muitas pessoas que usam “o pederasta” para designar todo ou qualquer homossexual. A origem do nome pederastia, vem da Grécia Antiga. A pederastia era uma forma elevada de educar e de passagem de valores aristocráticos de uma geração a outra através do amor. A educação dos jovens de Atenas passava pelo amor por estes adolescentes. Um homem mais velho ensinava ao jovem, com o objetivo de forma-lo dentro dos valores da época, virtude de um bom cidadão, sabedoria filosófica etc. Pederastia não é sinônimo de Pedofilia.
Pediofilia : excitação sexual derivada de bonecas.
Pedofilia : atrações sexuais por crianças pequenas ou pré-púrbere. Para a Organização Mundial da Saúde (OMC), a pedofilia caracteriza-se pelas práticas sexuais entre indivíduo maior de 16 anos com criança na pré-puberdade (crianças entre zero e 13 anos). De acordo com o DSM-IV (Manual Diagnóstico e Estatístico de Transtornos Mentais) os critérios de diagnóstico para Pedofilia são: Critérios: A. Ao longo de um período mínimo de seis meses, fantasias sexualmente excitantes e intensas, impulsos sexuais comportamentos envolvendo atividade sexual com uma criança (ou mais de uma) criança pré- púbere (geralmente com idade igual ou inferior aos 13 anos). B. As fantasias, impulsos sexuais ou comportamentos causam sofrimento clinicamente significativo ou prejuízo no funcionamento social ou ocupacional ou em outras áreas importantes da vida do indivíduo. C. O indivíduo tem o mínimo 16 anos e pelo menos 5 anos mais velho que a criança ou crianças no Critério A. Nota para a codificação: Não incluir um indivíduo no final da adolescência envolvido em um relacionamento sexual contínuo com uma criança com 12 ou 13 anos de idade. Pode ocorrer com ou sem desejos de coito, tanto em homens e mulheres heterossexuais, quanto em homossexuais ou em bissexuais. No Brasil a Pedofilia é crime.
Periculofilia : excitação sexual nas situações de tensão ou perigo. Relações sexuais em elevadores, estacionamento etc.
Pigmalionismo : o mesmo que Iconolagnia .
Pigofilemania : excitação pelo beijo nas nádegas.
Pigofilia : excitação por contato com as nádegas.
Podofilia : atração erótica por pés. E um tipo particular de parcialismo.
Podolatria : situação particular de podofilia associada a componente sadomasoquista .
Politerofilia : excitação sexual em ter sexo com uma série de parceiros.
Proctofilia ou Analismo : fixação no ânus.
Psicrocismo : refere-se àqueles que ficam excitados com a sensação de frio ou observando alguém com essa sensação.

R
Rabdofilia : excitação ao ser chicoteado. É uma variante do masoquismo.
Renifleur : pessoa que se excita em cheirar roupas íntimas
Retifilismo : fetichismo por sapatos.
Riparofilia : mesmo que misofilia .

S
Sadomasoquismo : a pessoa tem excitação e prazer sexual tanto em ocasionar como em sentir dor física.
Sadismo: excitação sexual envolvendo o ato (real ou simulado) nos quais o indivíduo obtém excitação sexual do sofrimento psicológico ou físico (incluindo humilhação) da vítima.
Siderodromofilia : excitação com viagens de trem.
Sinforofilia : excitação sexual obtida ao incendiar apartamentos, hospitais e orfanatos.
Sitofilia : excitação com comida.
Socratismo : prazer na estimulação anal.
Sodomismo : prazer na prática de coito anal. Independe do sexo do portador.
Sonofilia : refere-se àqueles que ficam sexualmente excitados ao acariciar ou fazer sexo com um parceiro adormecido.
Soronilagnia : excitação sexual e sexo com a irmã. Caso particular de incesto.
Stretching : excitação com o alargamento de partes genitais ou outras com conotação de estimulação sexual, com o uso de espéculos ginecológicos ou outros artefatos. O mesmo que meatotomia, kolpeurintomania, mamilomania e bouginonia.
Suspensão: ato de suspender alguém no ar por um suporte aéreo que permita algum movimento.

T
Tabacofilia : excitação sexual com uso de charutos, cigarros e assemelhados.
Tafofilia : refere-se àqueles que ficam excitados ao serem sepultados vivos.
Talpotentiginia : excitação sexual sentida com o calor e temperaturas altas.
Tantalolagnia : excitação obtida em provocar sensualmente outra pessoa.
Telefonicofilia : excitação com conversas eróticas telefônicas.
Telefono-escatofilia : o mesmo que erotolalia .
Testiculomania : tipo de stretching , com prazer masturbatório pelo uso de objetos para os alargamentos da bolsa escrotal.
Tesauromania : excitação em colecionar roupas intima de pessoas do sexo oposto.
Tigatria : sexo entre pai e filha. Caso particular de incesto.
Timofilia : excitação sexual com a riqueza.
Titilagnia : excitação sexual com cócegas.
Titiolagnia : excitação sexual por nutrizes, durante o aleitamento.
Tlipsosis : excitação por beliscar outras pessoas.
Travestismo : a excitação no uso de vestes típicas do outro sexo tendo o desejo de transformar este corpo no corpo do sexo oposto. Ocorre entre homossexuais e heterossexuais.
Tricofilia : fetiche por cabelos e pêlos.
Triolismo : prazer em relacionamento com duas pessoas do sexo oposto.
Tripsofilia : o mesmo que tripsolanofilia
Tripsolanofiia ou Tripsofilia : excitação desencadeada por massagens.

U
Uranismo : sinônimo de pederastia e homossexualismo. Termos em desuso.
Urofilia: excitação associada ao ato de urinar ou receber o jato urinário do parceiro, chegando, em alguns casos, a beber a urina. A urina pode ser depositada no ânus ou vagina. O mesmo que Ondinismo ou Urolagnia . Prática conhecida como “Chuva Dourada”.
Urolagnia : o mesmo que Urofilia.

V
Vampirismo : o mesmo que Necrofilia
Voyeurismo : excitação através da observação, na maioria das vezes clandestina, de pessoas que estão nuas, mantendo relação sexual, dos genitais ou regiões consideradas excitantes.

Z
Zelofilia : excitação sexual associada ao ciúme.
Zooerastía : o mesmo que zoofilia.
Zoofilia : com animais. Deve-se diferenciar a zoofilia permanente, na qual o indivíduo mantém esse desejo por toda a vida, daquela transitória, que ocorre principalmente na infância e adolescência, conseqüente a impossibilidade de encontrar parceiros humanos.

férias em casa



bactéria que come plástico



O ser humano é pernicioso ao meio ambiente em diferentes graus. Isso todos nós sabemos. O problema é que nossa sociedade moderna é extremamente dependente do plástico e este tornou-se uma das maiores desgraças ambientais no nosso planeta.
No mundo dos dejectos plásticos, um dos grandes problemas ainda sem solução, são os sacos de plástico. Esses sacos do supermercado e usadas também como sacos de lixo. Fabricadas com uma fina (tão fina que quem faz compras precisa colocar duas ou mais se for levar um refrigerante de 2l, senão rebenta) folha de filme plástico. A desgraça é que as sacos são cada vez mais usados e assim sendo, eles vão parar em maior quantidade nos contentores de lixo, nos mares e nos rios. Eles praticamente não se degradam e entopem, poluem, matam e sufocam os pobres animais, como as tartarugas marinhas, que confundem sacos plásticos com águas vivas, o seu alimento. Uma baleia foi encontrada morta com mais de 100Kg de sacos plásticos no estômago.
Os aparentemente inocentes sacos de supermercado podem levar entre 100 a 200 anos para se decompor nos aterros sanitários. E as moléculas podem demorar até 1000 anos para se degradarem completamente. Agora imagine isso multiplicado pelas cerca de 500 bilhões destes sacos por ano.
Foi com isto em mente que um miúdo chamado Daniel Burd, de apenas 16 anos, resolveu tomar uma atitude. A idéia de Burd era apenas fazer um belo projeto para a feira de ciências nacional, que seria apresentada em Ottawa, Canadá.
Com bastante sacos plásticos em casa, Burd começou moendo os sacos até virarem um pó. Depois juntou água da torneira e fermento de pão. Ele misturou tudo isso com a terra do quintal para formar um substrato rico em nutrientes para o crescimento de bactérias diversas. Misturou bem e largou a gosma à própria sorte dentro de um recipiente a 30 graus. A cada 4 semanas o estudante removia uma amostra da mistura e colocava numa nova mistura preparada da mesma forma, com isso aumentando a concentração de bactérias.
Passados cerca de 3 meses, Daniel Burd filtrou a cultura bacteriana e colocou em 3 frascos contendo tiras com as mesmas dimensões feitas de sacos plásticos de supermercado. Como controle ele fez um quarto frasco com a cultura fervida (bactérias mortas). Em 6 semanas, as amostras de plástico nos frascos de cultura tinham perdido 17% de sua massa enquanto a amostra de controle continuava igual.
Daniel refinou o processo com o uso de cultura em Placas de Petri. Assim, ele acabou por descobrir 4 tipos diferentes de bactérias no solo e que duas delas funcionavam para degradar o plástico. Então ele juntou apenas as duas efectivas e a eficiência do processo subiu para 32% em 6 semanas. Um aficcionado pela aula de ciências, o miúdo resolveu adicionar um pouco de acetato de sódio para alimentar as bactérias. Como resultado, a 37 graus o consumo do plástico pelos micróbios subiu em eficiência para 43% em 6 semanas. Com esta taxa foi possível estimar que em pouco mais de três meses ele conseguiria que todo o plástico fosse degradado.
O objectivo de Daniel não era apenas que suas bactérias desmontassem o saco em pequenos pedaços ou moléculas de plástico, mas sim que destruissem o plástico completamente, do mesmo modo que aquele processo que podia até agora demoraria até 1000 anos. Daniel encurtou para 3 meses.
Não satisfeito, Daniel ainda testou o método em uma escala maior, com um balde cheio de sacos e o resultado prático foi o mesmo. Ele imagina que seguindo seu método deve ser simples reproduzir o sistema em escala industrial e com baixíssimo custo.
Foi assim que uma criança de apenas 16 anos abocanhou os 30 mil dólares de prémio mais um troféu, além do mais importante, bolsas e convites para estudos e o reconhecimento mundial por seu trabalho. Pessoalmente, eu acho que 30 mil dólares para um garoto que faz isso é pouco. Acho que os milionários do mundo deviam se unir e doar dez milhões de dólares para o Daniel pela sua contribuição para o planeta.
A depressão é imaginar que enquanto no Canadá um miúdo de escola faz isso para o projecto de ciências, em Portugal um miúdo da mesma idade tem só três pensamentos: Sexo, carros e futebol - não necessáriamente na mesma ordem.
Fonte

Parabéns, Miguel ! A tua favorita :

E muitas horas de vôo. Chuaaaaaack !

David Sylvian em It'll Never Happen Again



terça-feira, 3 de junho de 2008

Águas Vivas de Shasta

Virgin Islands
Coral Sea at Whitsunday Island National Park (Queensland, Australia)
Kenya's Lake Magadi
.

ÁGUAS VIVAS DE SHASTA
.
«E assim, vamos falar das nascentes do Monte Shasta; na verdade, das nascentes masculina e feminina – a branca e a vermelha – localizadas na área atualmente chamada de Stewart Mineral Springs (Nascentes de Água Mineral Stewart). Agora estas águas vivas e conscientes assumem um papel mais grandioso, agora estas nascentes se oferecem para desempenhar um papel na Ascensão deste planeta. Isto, especificamente através da projeção do campo cristalino e da aceleração da transformação do campo eletromagnético humano na sua necessária expansão que, conseqüentemente, facilitam a transformação do campo áurico na freqüência mais elevada da forma merkábica.»
...«Agora, o planeta possui muitas fontes e nascentes. Nem todas estão nos pontos de infinidade, como Shasta. Nem todas as nascentes são autoconscientes. Nascentes vivas carregam uma grande energia elétrica, sendo impulsionadas através das camadas da Terra, como se fossem uma ducha múltipla, carregada de grande energia e muitos minerais. Estas nascentes são muito benéficas para o corpo e o campo emocional.
Da mesma forma que muitas pessoas agora reconhecem que o consumo de comidas cruas e vivas permite que o corpo incorpore campos energéticos de plantas vivas, o mesmo acontece quando o corpo fica imerso e se banha nas águas eletromagnéticas vivas.Uma capacidade semelhante existe no Parque Nacional de Banff, no Canadá, mas lá as águas são tratadas e diluídas, de modo que sua potência é um pouco diminuída, embora ainda seja benéfica. Devido ao aspecto mais natural das nascentes gêmeas em SMS, e devido à sua localização na área de Shasta, elas são muito mais potentes.
Nascentes vivas ocorrem em todas as partes do globo. Elas são especialmente potentes na Nova Zelândia, nas Fontes de Sílica Tongariro na área do Yucatan do México, no poço de Montezuma em Arizona, em Caldas Novas no sul do Brasil, em Termas do Araxá, em Minas Gerais, na Hungria, em Bath na Inglaterra, na Itália, na Turquia, no Japão, no Peru e em Hot Springs em Arkansas.
Mas precisamos acrescentar que não é simplesmente a nascente, mas também a consciência das próprias nascentes vivas, e onde elas estão localizadas. Nem todas as nascentes carregam uma força vital consciente potente. Nem todas as nascentes se oferecem para a espécie humana. As de Yellowstone e Lassen servem a diferentes propósitos para a própria Terra. Assim, as Stewart Mineral Springs são bem únicas e do mais elevado benefício para a espécie humana, nesta época.Agora, em Stewart Springs, a rotina de utilização deveria ocorrer entre 3 e 4 vezes num período de 7 dias. Seria bom fazer isto pelo menos duas vezes por ano. O melhor seria uma vez por mês. A modalidade de banho, sauna e ducha fria é correta, podendo se repetir tantas vezes por dia quanto se desejar. Devido à alta alcalinidade, pH, o usuário deve ter discernimento e saber quando é o momento de parar, para que não ocorra irritação cutânea.
Acrescentamos que a utilização das nascentes vivas numa base semanal, mensal ou até trimestral, pode estender a vida do ser humano. Qualquer uso é benéfico.»

Soldados russos e Breakdance



Josephine Baker dança Joana La Cubana



oi vaca linda !


http://view.break.com/284613 - Watch more free videos

A Côr da Magia




"Grande A'Tuin, a tartaruga estelar, tem a carapaça coberta de metano congelado, marcada por crateras meteóricas e areada com poeira asteroidal. Grande A'Tuin possui olhos como oceanos antigos e seu cérebro tem o tamanho de um continente, pelo qual os pensamentos se movem como pequenas geleiras luminosas. Grande A'tuin, das enormes, vagarosas e tristes patas e do casco polido pelas estrelas, avança na noite galáctica sob o peso do Disco. Grande como os mundos. Velha como o Tempo. Paciente como uma rocha. (...) Grande A'Tuin, na realidade, está se divertindo à beça. Trata-se da única criatura em todo o universo que sabe exatamente aonde vai."Imagine um mundo plano com a forma de um disco, que é sustentado por quatro enormes elefantes, que por sua vez, estão apoiados no casco de uma imensa tartaruga que nada vagarosamente pelo espaço interestelar.
Complicado? Pois este é o cenário de Discworld, criado pelo inglês Terry Pratchett, autor que já era conhecido aqui no Brasil pelo seu livro Belas Maldições, que escreveu junto com Neil Gaiman. O universo de Discworld já rendeu mais de 40 livros, e A Cor da Magia é o primeiro livro desta série, que é publicada aqui no Brasil pela editora Conrad (até o momento ela já publicou 10 livros). Neste livro, conhecemos Rincewind, um mago picareta, medroso, covarde e incrivelmente azarado. Na verdade, Rincewind não é bem um mago, já que ele foi expulso da Universidade Invisível, uma grande escola de magos, e por isso só conseguiu aprender um único feitiço (na verdade, o feitiço é que aprendeu Rincewind!). Também nos é apresentado DuasFlor, um ingênuo vendedor de seguros, que cansado de sua vida monótona, resolve juntar toda sua economia e partir para uma fantástica viagem por todo o Discworld. E sua primeira parada é na putrefata e violenta cidade de Ankh-Morpork, um lugar onde os habitantes ficam felizes por apenas ter sobrevivido mais um dia. E é nessa cidade onde DuasFlor conhece o mago Rincewind, e o contrata como seu guia turístico. E ainda tem a "Bagagem", a arca de estimação de DuasFlor, feita com a rara madeira sábia de pereira, ela possui um monte de perninhas e tem a incrível capacidade de seguir o seu dono em qualquer lugar que ele for (e eu disse, em qualquer lugar!). Juntos, Rincewind, DuasFlor e a Bagagem viveram grandes e perigosas aventuras por todo o "Mundo do Disco", do centro à borda, e além, indo aonde os Magos, Trolls, Anões, Elfos e Arcas com perninhas jamais foram. Ah! Não posso esquecer "o" Morte (e não "a" Morte como muita gente pensa!), o verdadeiro personagem principal desta história (ainda mais se tratando de um mundo violento como Discworld!), que é mais conhecido como AQUELE QUE SÓ FALA EM CAIXA ALTA. Com o seu manto negro e sua foice bem afiada, o Morte está sempre com um sorriso em seu rosto esquelético. Ele cavalga em seu corcel branco, levando a "paz" aos habitantes do "Disco". Com esse cenário de paródia aos clichês de fantasia e utilizando muito humor e ironia, Pratchett é facilmente comparado com Douglas Adams, que ficou consagrado por fazer o mesmo tipo de abordagem humorística, só que com a ficção científica. A genialidade de Pratchett parece não ter fim, por isso arrisco dizer que o mundo de Discworld é tão, ou mais criativo, que a Terra-Média criada por Tolkien. Com o sucesso dos livros, Discworld gerou uma série de bugigangas, como jogos de computador, livros de RPG, miniaturas, chaveirinhos e muitas outras tralhas afins. Por fim, se você gosta de fantasia medieval, você tem que ler os livros de Discworld. E me perdoem os fãs de Gandalf ou de Harry Potter, mas mago por mago, eu sou muito mais Rincewind.
.
Autor : Cadu Simões

A fisiognomia



Fisiognomia é a interpretação da aparência externa, especialmente as características da cara, para descobrir a temperamento predominante e o carácter de uma pessoa.
Fisiognomia foi usada também como um tipo de adivinhação e é associado frequentemente com a astrologia. As caras ilustradas em cima são de Barthélemy Coclès Physiognomonia (1533) e mostram as pestanas de homens que são orgulhosos, vangloriosos, e audazes.


Coclès, como outro antes e depois dele, tentou criar uma ciência de uma coisa que nós fazemos de tempos a tempos: julguar uma pessoa pelas suas características faciais. Fisiognomistas como Coclès não dirão coisas tais como “povos com narizes empinados são vãs, falsas, instáveis, infiéis e sedutoras.” Os "narizes empinados" do mundo tendem a empinar os seus narizes por razões pseudoscientificas.
Trezentos anos mais tarde, M.O. Stanton escreveria sobre o tipo nariz de um "pug" (raça de cão):
a interpretação do caráter está na consonância com as peculiaridades do formulário [do nariz], se forem arredondados, sem corte, o cão "pug" ou um pug pontiagudo. Com respeito ao seu significado, indica a baixeza, a rudeza, ou a mentalidade vulgar. Se for relativamente afiado, o carácter é mais destacado e o sujeito é mais rápidonas nas suas percepções do que onde um pug sem corte, contudo toda esta classe dos narizes tem o mesmo significado geral na ausência da potência, de irratibilidade, de conflituosidade, e da oposição do raciocínio. (A enciclopédia da leitura da cara e do formulário, 6o ed revisado., 1920).

As conjecturas de Stanton são baseadas claramente na mágica simpatética.
Nos séculos 18 e 19, a fsiognomia foi usada por alguns de seus proponentes como um método de detectar tendências criminais. Muitos racistas usam ainda a phisiognomia para julgar o carácter e a personalidade. Isto não é dizer que não há determinadas características fisiognomicas associadas a determinadas desordens geneticas tais como a Síndrome de Down ou a Síndrome de Williams.


Os grunhidos da Amy Adega


Se tiveres paciência. aqui vai o YT: http://www.youtube.com/watch?v=VOZ5ueN8t8A

Rehab, Amy, Rehab ! Yes, yes, yes ...

Made in China

Foto de Amelia Roberts

História de um letreiro


O vencedor de Cortos Online do Festival de Cannes 2008, dirigido pelo mexicano Alonso Álvarez Barrera, de 24 anos e com o título de "Historia de un letrero".

segunda-feira, 2 de junho de 2008

Fareed em O Levantar do Resto


É verdade que a China floresce, a Rússia está a afirmar-se mais assertiva, e que o terrorismo é uma ameaça. Mas, se a América está a perder a capacidade de dar ordens neste mundo novo, ainda não perdeu a capacidade de liderar. Zakaria Fareed em "The post-american world"

domingo, 1 de junho de 2008

Isto explica tudo

o que outras pessoas fizeram quando tinham a tua idade


Mete a rolha


Vamos lá a guardar a rolhas de cortiça e entregar nos supermercados a partir do dia 5 de Junho!
E já agora ajudem a divulgar!

Comece já hoje a juntar as suas rolhas de cortiça!

A partir de dia 22 de Abril (Dia da Terra) será iniciada a recolha nos restaurantes.
No Dia 5 de Junho (Dia Mundial do Ambiente) já poderá colocar as suas rolhasnos"Rolhinhas"dos Hipermercados Continente
Posteriormente iremos alargar a outros locais.
Programa de Reciclagem de Rolhas de Cortiça
Assiste-se, actualmente, a uma grande pressão sobre as rolhas de cortiça, produto vital na cadeia de valor acrescentado que beneficia as comunidades rurais e que garante igualmente a sustentabilidade económica de todas as aplicações de cortiça. Esta pressão provém de produtos alternativos (vedantes sintéticos e cápsulas de alumínio), que são derivados do petróleo e do alumínio, indústrias ambientalmente nocivas.
Há, pois, que defender a rolha de cortiça como produto que garantiu e deverá continuar a garantir a manutenção do montado de sobreiros, um dos ecossistemas mais ricos em biodiversidade do continente europeu e que se estima absorver, por ano, 4,8 milhões de toneladas de CO2, um dos principais gases causadores do efeito estufa e do consequente aquecimento global. Como a cortiça é a própria casca da árvore, também retém CO2 e ao ser reciclada, evitam-se emissões deste gás para a atmosfera, contrariamente ao que acontece quando se decompõe ou é incinerada.
O GREEN CORK é um Programa de Reciclagem de Rolhas de Cortiça desenvolvido pela Quercus, em parceria com a Corticeira Amorim, a Modelo/Continente e a Biological. Tem como objectivo não só a transformação das rolhas usadas noutros produtos, mas, também, com o seu esforço de reciclagem, permitir o financiamento de parte do Programa CRIAR BOSQUES, CONSERVAR A BIODIVERSIDADE, que utilizará exclusivamente árvores que constituem a nossa floresta autóctone, entre os quais o Sobreiro, Quercus suber.
O projecto foi construído tendo por base a utilização de circuitos de distribuição já existentes, o que permite obtermos um sistema de recolha sem custos adicionais, que possibilita que todas as verbas sejam destinadas à plantação de árvores. Tudo isto sem aumentar as emissões de CO2!
As rolhas de cortiça recicladas nunca são utilizadas para produzir novas rolhas, mas têm muitas outras aplicações, que vão desde a indústria automóvel, à construção civil ou aeroespacial.
A internacionalização do projecto está já a ser negociada. Em breve, as rolhas usadas de outros países europeus começarão a ser recicladas em Portugal, dentro de um esquema montado a partir daqui, resultando num contributo adicional para o esforço de reflorestações e conservação de florestas autóctones portuguesas. Este exemplo único de exploração de uma floresta autóctone, que conseguiu ao longo dos tempos conciliar criação de riqueza, serviço ambiental e impacto social positivo, irá agora completar este ciclo, renovando a própria floresta que esteve na sua origem.

Pasquins do dia



Mais aqui
(Obrigada, Jorge B)

Hoje é dia da criança !



DIREITOS DA CRIANÇA
As crianças têm direitos
Em 20 de Novembro de 1989, as Nações Unidas adoptaram por unanimidadea Convenção sobre os Direitos da Criança (CDC), documento que enuncia um amplo conjunto de direitos fundamentais – os direitos civis e políticos, e também os direitos económicos, sociais e culturais – de todas as crianças, bem como as respectivas disposições para que sejam aplicados. A CDC não é apenas uma declaração de princípios gerais; quando ratificada, representa um vínculo juridíco para os Estados que a ela aderem, os quais devem adequar as normas de Direito interno às da Convenção, para a promoção e protecção eficaz dos direitos e Liberdades nela consagrados.
Este tratado internacional é um importante instrumento legal devido ao seu carácter universal e tembém pelo facto de ter sido ratificado pela quase totalidade dos Estados do mundo (192). Apenas dois países, os Estados Unidos da América e a Somália, ainda não ratificaram a Convenção sobre os Direitos da Criança.
Portugal ratificou a Convenção em 21 de Setembro de 1990.A Convenção assenta em quatro pilares fundamentais que estão relacionados com todos os outrosdireitos das crianças:
• a não discriminação, que significa que todas as crianças têm o direito de desenvolver todo o seu potencial –todas as crianças, em todas as circunstâncias, em qualquer momento, em qualquer parte do mundo.
• o interesse superior da criança deve ser uma consideração prioritária em todas as acções e decisões quelhe digam respeito.
• a sobrevivência e desenvolvimento sublinha a importância vital da garantia de acesso a serviços básicos eà igualdade de oportunidades para que as crianças possam desenvolver-se plenamente.
• a opinião da criança que significa que a voz das crianças deve ser ouvida e tida em conta em todos os assuntosque se relacionem com os seus direitos.A Convenção contém 54 artigos, que podem ser divididos em quatro categorias de direitos:
• os direitos à sobrevivência (ex. o direito a cuidados adequados)
• os direitos relativos ao desenvolvimento (ex. o direito à educação)
• os direitos relativos à protecção (ex. o direito de ser protegida contra a exploração)
• os direitos de participação (ex. o direito de exprimir a sua própria opinião)
Para melhor realizar os objectivos da CDC, a Assembleia Geral da ONU adoptou a 25 de Maio de 2000 dois Protocolos Facultativos: Protocolo Facultativo à Convenção sobre os Direitos da Criança relativo à venda de crianças, prostituição e pornografia infantis (ratificado por Portugal a 16 de Maio de 2003);

Assterisk


Assunto relacionado : Aqui

Como não pedir boleia