quarta-feira, 7 de maio de 2008

Rodin: As portas do Inferno


Auguste Rodin executou esta monumental escultura de grupo, que em 1880 foi encomendado para o Museu de Artes Decorativas de Paris. O projecto seria entretanto cancelado e o escultor foi trabalhando com essa porta até a sua morte em 1917. Ela mede 6 metros de altura, 4 de largura e 1 de profundidade e contém 180 números. A iconografia é baseada na Divina Comédia de Dante e do poema de Baudelaire "As Flores do Mal". Rodin só fez uma versão em gesso e após a sua morte três cópias foram feitas em bronze que estão em diferentes museus. Um trabalho que é simplesmente impressionante. Clique para expandir.

2 comentários:

osátiro disse...

Faz lembrar os tempos em que havia grandes génios: Da Vinci, Miguel Ângelo, Mozart, Bach...

fresquinha disse...

Hoje ninguém quer trabalhar. Já viste o tempo todo que o Rodin levou a fazer a porta ??? :-)))